Você sabe o que é Janeiro Branco? Conheça mais sobre o mês dedicado aos cuidados com a saúde mental

Homem meditando, cuidando da saúde mental

Você sabia que o primeiro mês do ano é chamado de Janeiro Branco? Isso mesmo! Assim como Outubro Rosa e Novembro Azul, o mês de janeiro é dedicado aos cuidados e prevenções de doenças que não são físicas, mas são tão assustadoras e merecem tanta atenção e cuidado quanto: as doenças da mente. Janeiro Branco é dedicado à conscientização dos cuidados da nossa saúde mental e tenta quebrar os tabus e preconceitos que ainda existem acerca desse assunto.  

Criado por psicólogos brasileiros em 2014, o Janeiro Branco tem também como objetivo abrir novas possibilidades para tratamentos nos aspectos emocionais e mentais da nossa vida e auxiliar no cuidado com sua saúde mental. Bem legal, não é?  

Dados sobre saúde mental

Mas, para falar sobre saúde mental, é preciso conhecer alguns dados antes. Você sabia que a quantidade de casos de depressão cresceu 18% em dez anos? E que até 2020, está será a doença mental mais prejudicial do planeta? Pois é! Isso significa que quem sofre com depressão sente um grande impacto em sua vida pessoal. Estes são dados da Organização Mundial da Saúde, que diz ainda que o Brasil é o campeão de casos de depressão na América Latina. Aproximadamente 6% da população (ou seja, um total de 11,5 milhões de pessoas!) sofrem com a doença no nosso país. Existe ainda um alerta para o aumento do número de registros de Transtornos de Ansiedade no Brasil. Em 2015, cerca de 18,6 milhões de pessoas sofriam ansiedade no Brasil. É muita coisa, não é mesmo?  

A importância dos cuidados com a saúde mental

Os números são assustadores! Principalmente em dias como os que vivemos hoje, onde tudo é muito acelerado. Além disso, mesmo com a depressão sendo considerada a doença do século, ainda existe um estigma muito grande ao redor dos problemas da mente. Muitas vezes, somos levados a acreditar que a felicidade e a paz estão em algum lugar distante, e não dentro de nós. E não é verdade! Tudo começa por nós mesmos. Sentimentos bons precisam vir de dentro para fora e não de fora para dentro. Nossa paz espiritual precisa ser encontrada dentro de nós mesmos. Se nossa mente está saudável, então estamos saudáveis. Quando tudo está funcionando perfeitamente, fica mais fácil levantar da cama, encarar os problemas, se sentir feliz e satisfeito com a vida e sentir vontade de fazer as coisas e correr atrás dos objetivos.  

Uma mulher olhando pela janela, com o semblante triste, demonstrando a importância dos cuidados com a saúde mental
Até 2020, a depressão será a doença mental mais prejudicial do planeta.

É preciso encarar a saúde mental como prioridade, assim como a saúde física

Vamos pensar: quando você está com uma doença que te impede de ter uma rotina normal, como uma forte gripe, por exemplo, como você reage? Nosso primeiro impulso normalmente é procurar um médico, comprar o remédio receitado, seguir com o tratamento até curar a gripe e poder voltar a rotina normal, não é mesmo? Deveríamos ter a mesma reação quando nos deparamos com algo errado em nossa mente. Ainda existe um estigma muito grande e, por isso, relutamos em aceitar que pode sim ter algo errado com nossa mente e que pode ser algo muito maior do que apenas um desânimo ou um dia ruim. Precisamos aprender a cuidar da nossa mente da mesma forma que cuidamos do nosso corpo, afinal de contas, está tudo interligado! 

Então, o que fazer para cuidar da minha saúde mental?

Separamos algumas coisas que você pode fazer por você mesmo e pela sua saúde mental. É importante entender que saúde mental é ter equilíbrio. Ter esse ponto de equilíbrio e conseguir voltar para ele depois de se deparar e se alterar com algumas surpresas da vida é ter a saúde mental em dia.  

É importante lembrar que as doenças da mente exigem um acompanhamento de um profissional. Se você não estiver se sentindo bem e desconfia de que algo pode estar acontecendo, não hesite em procurar ajuda médica! Você não está sozinho <3  

Confira algumas das nossas dicas:

  • Se alimente bem 
  • Se mantenha hidratado 
  • Deixe guardado pensamentos bons na manga. Dessa forma, para cada pensamento ruim que aparecer, você tem 2 bons para substituir 
  • Tire um tempinho no seu dia para se dedicar a coisas que você gosta, seja ler um livro, ver um filme, um episódio daquela sua série favorita ou apenas descansar um pouco 
  • Passe menos tempo nas redes sociais. É inevitável não se comparar à outras pessoas e isso pode te fazer mal 
  • Ouça suas músicas favoritas 
  • Tenha uma boa noite de sono 
  • Tente se distanciar dos problemas. Veja bem, isso não significa ignorá-los e fingir que não existem, mas olhar para eles de uma forma diferente, não como um inimigo, mas como algo que está te desafiando a ser alguém melhor. Além disso, olhar para o problema de forma diferente pode te ajudar a solucioná-lo. 
  • Dê muita atenção para sua autoestima. Cuide de você, se mime, olhe para você com amor e carinho.  
  • Converse com pessoas queridas, que te façam rir e se sentir amado.  
  • Meditar também é uma ótima coisa! É um momento íntimo, onde você consegue entrar em contato consigo mesmo e começar a se entender e a entender as coisas que você pensa e sente.  
  • Assuma compromissos com o seu lazer. Não esqueça de tirar um tempo para realizar as coisas que você gosta. Não deixe somente para o final de semana, faça isso todos os dias! 
  • Lembre-se de alguma coisa boa que aconteceu no seu dia e reviva o momento 
  • Seja grato e tente reclamar menos. Foque nas coisas boas que aconteceram, por menores que sejam 
  • Tente um novo hobby! 
  • Não tenha medo de dizer não. Não se force a fazer algo que você não gosta ou não se sente bem fazendo 

https://www.buzzfeed.com/br/florapaul/coisas-que-voce-pode-fazer-para-cuidar-melhor-da-sua-mente

https://noticias.r7.com/saude/depressao-sera-a-doenca-mental-mais-incapacitante-ate-2020-10102018

Deixe uma resposta